O COBRE

As qualidades do cobre

  • Condutividade elétrica
  • Estético
  • Preserva o meio-ambiente

 

O cobre é, a seguir à prata, o melhor condutor elétrico.
Os tubos de cobre são finos e suas conexões são mais discretas do que aquelas em aço ou plástico.
O cobre é totalmente reciclável. Ele contribui assim para a preservação do ambiente e dos recursos naturais.
Ele se insere em um processo de desenvolvimento sustentável e em uma abordagem ambiental da indústria da construção.
O cobre é também o primeiro material de canalização para redes de saneamento de água e aquecimento, figurando em uma ficha de Declaração Ambiental e Sanitária (FDES).

O cobre elimina 95% das bactérias*

Tanto em ambientes coletivos como privados, os sistemas de saneamento podem ser o terreno de predileção para o desenvolvimento da legionella. Tendo em conta que, atualmente, nenhum sistema de canalização oferece proteção total contra as bactérias, é evidente que estes organismos crescem mais dificilmente em tubos de cobre.

  • Primeira particularidade observada: É extremamente difícil manter vivas as bactérias introduzidas em canalização de cobre. Uma injeção repetida de bactérias, em doses muito mais elevadas do que as de outros materiais foi para isso necessária.
  • Segunda constatação: lA partir de 25 ° C (com saída por misturadora), o cobre exerce uma influência que outros materiais não têm.
    Esta temperatura não induz qualquer efeito favorável com o aço inoxidável, o PE e o PVC-c, não sendo as bactérias já detectáveis na rede de cobre

A única proteção passiva para o uso doméstico

Para redes de saneamento passivas, onde a água quente de rede não deve ultrapassar uma temperatura de 50°C no ponto de uso em peças para lavabo e de 60°C em outras peças (2), este estudo realizado por KIWA demostra claramente que a escolha do material é importante.
As bactérias de legionella, com efeito, foram detectadas nos últimos anos em banheiros privados e em alguns casos na Holanda, em que se tratava de uma questão de identificação como uma fonte de infecção.

Embora os riscos para as redes domésticas, não sejam considerados primordiais pelas autoridades, o cobre, neste contexto, pode muito bem ser considerado como uma proteção passiva eficaz.

(2) Segundo a sentença de 30 de novembro de 2005 publicado no J.O. de 15 dezembro de 2005.