História da Tréfimétaux

A Tréfimétaux, surgiu nos anos 60 do século passado. De 1987 a março de 2016, ela fez parte do grupo KME, se chamando KME France desde maio de 2007. Em abril de 2016, Tréfimétaux retorna ao nome de origem e reagrupa os locais de Courbevoie, de Givet, de Niederbruck e Seravalle Scrivia em Itália.

1962

Nascimento da Tréfimétaux por fusão de sociedades Compagnie Française des Métaux (criada em 1892) e Tréfileries et Laminoirs du Havre (criada em 1907).

1967

Fusão por aquisição de Tréfimétaux pelo grupo Péchiney. Tréfimétaux constitui o ramo da indústria do cobre e representa 8% de suas atividades.

1975
-1980

Tréfimétaux volta a focar suas atividades em produtos mecânicos, cedendo as atividades que já não estão mais em sinergia com a sua estratégia. A atividade de produção de cabos especialmente, é vendida à sociedade Pirelli em 1980.

1980
-1987

Tréfimétaux se reestrutura: investimentos importantes são feitos para melhorar a produtividade e confiabilidade do processo, acompanhados de uma redução progressiva e significativa de pessoal efetivo, passando de 6000 a 2500 pessoas. As fábricas de Le Havre e Dives sur Mer fecharam.

1987

A sociedade italiana SMI, que já opera no ramo do cobre, adquire participação de 100% do capital da Tréfimétaux junto de Pechiney. Esta aproximação resulta na criação de um verdadeiro complexo europeu industrial especializado para a transformação do cobre. Lançamento do plano plurianual de investimentos para Tréfimétaux, num montante de 100 milhões de francos por ano.

1989

A empresa Cuivre et Alliages, uma sucursal da Tréfimétaux desde 1987, tornou-se integralmente em uma divisão.

1990

A empresa italiana “SMI” Società Metallurgica Italiana S.p.A., adquire, através da sua sucursal “Europa Metalli S.p.A.”, a maioria das ações de KM-Kabelmetal, se tornando no primeiro transformador de cobre do mundo.

1991

Tréfimétaux reorganiza sua divisão de produtos laminados, e consolida suas atividades de distribuição na França.

1993

É estabelecida uma organização de gestão comum para Europa Metalli e para a Tréfimétaux. Ela se articula em torno de três setores operacionais, reagrupando atividades homogêneas de produção e vendas (tubos, barras em latão e cobre, produtos laminados).

1995

Tréfimétaux S.A. (França), Europa Metalli S.p.A. (Itália) e KM-Kabelmetal AG (Alemanha), três sociedades em exercício, desde longa data, na indústria europeia do cobre, se fundiram para formar a KME, uma sucursal detida a 100% pela sociedde SMI.

1999

SMI aumenta sua participação no capital da KME AG.

2003

SMI detém 100 % do capital da KME AG.

2005

O setor de atividade de fabricação de Barras do Grupo é filializado. A filial francesa recebe o nome de Tréfimétaux Brass SAS.

2006

A holding financeira SMI recebe o nome de KME Group S.p.A.

2007

De modo a reforçar sua imagem de grupo europeu totalmente integrado, KME Grupo decide adoptar, para o conjunto de suas sucursais, a marca KME®. Assim, em 1 de Maio de 2007, Tréfimétaux SA muda de denominação para KME France S.A.S e a Tréfimétaux Brass SAS muda de denominação para KME Brass France SAS.

2016

A European Copper Tubes (ECT), empresa-mãe da CUPORI e a KME AG assinaram um acordo de parceria no capital da sociedade francesa KME France S.A.S. Este acordo permitiu o nascimento de um personagem  europeu, líder industrial na atividade dos tubos e das barras de cobre, devido ao desenvolvimento de novas sinergias de savoir-faire, de pesquisa e de desenvolvimento.
Este acordo é limitado às plantas francesas de Givet e Niederbruck para suas respetivas atividades na área dos tubos (Givet) e de barras de cobre (Niederbruck), bem como a atividade dos tubos da planta italiana de Serravalle Scrivia, uma divisão da KME Itália S.p.A.
Tal acordo tem como consequência direta a adopção do nome Tréfimétaux SAS para a sociedade KME France S.A.S.

Logo